Crianças e Adolescentes aprendem Literatura sem sair de casa

Por meio do projeto Criando Arte, eles estão não só conhecendo as fábulas, como também viajando pelo mundo da imaginação.

 

Aprender sem sair de casa é a nova realidade em tempos de pandemia. Crianças e adolescentes, não só de Leme-SP, estão enfrentando esse desafio que, com a Literatura, fica muito mais fácil e prazeroso.

Essa é uma das propostas do projeto Criando Arte, que está pela segunda vez na cidade. Por meio de Fábulas, 150 alunos e alunas embarcam em viagens pela criatividade a cada aula.

De acordo com o professor do projeto, Noa, as atividades são uma forma de falar sobre questões importantes, que nos despertam sentimentos. “Estamos estimulando o lado lúdico dos alunos, criando personagens que, depois, vão usar de metáforas e analogias para construir boas histórias”, afirma o professor, que, até o final do projeto junto com a equipe, vai guiar as crianças e adolescentes pelo mundo literário, tendo como objetivo a publicação de uma fábula por aluno.

Para que, mesmo de casa, os alunos e alunas tenham a experiência completa do Criando Arte, eles receberão ferramentas que os ajudarão: os materiais, como caderno, lápis e borracha, além do lanche e do uniforme. Por conta da pandemia, esse kit conta com novidade: uma cartilha que ensina a fazer as atividades do projeto sem o uso do celular. Mesmo de longe, a proposta é fazer uma conexão entre todos os envolvidos.

Ainda tem vaga?

O projeto, que é realizado na APAS, no Centro Educacional Sagrada Família e no Centro de Formação Plácida Viel, conta com algumas vagas disponíveis para crianças e adolescentes de 7 a 14 anos.

Os interessados devem entrar em contato via Whatsapp com a equipe do projeto. Os números são: (19) 98188-3257, com o professor Noa, ou (19) 99933-7955 com a assistente Lilian.

O “Crianças Criando Arte III”, que tem como proponente Admauro Nunes, é uma iniciativa realizada pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa com patrocínio da empresa TsTech e apoio da Goal projetos e Projeto Social Grêmio União.