Lins receberá festival de apresentação do projeto ‘Bola Bacana’ no próximo sábado (10)

Inciativa oferece, gratuitamente, aulas de basquete, futsal, handebol e vôlei para crianças e adolescentes da rede pública de ensino

Na manhã do próximo sábado (10), Lins receberá o festival de apresentação do “Bola Bacana”, projeto que beneficia crianças e adolescentes de sete a 14 anos, matriculados na rede municipal de ensino, com aulas gratuitas de basquete, futsal, handebol e vôlei.

O evento, que tem início às 10h, será realizado na EMEF Gessy Martins Beozzo e vai contar com a presença dos jovens beneficiados pela iniciativa e de seus familiares, além de autoridades locais, representantes da Usina Lins, empresa patrocinadora, e apoiadores que colaboraram para a concretização do projeto.

Durante o festival, haverá a entrega dos tênis e das meias da iniciativa aos alunos participantes, para que eles pratiquem as atividades com o uniforme do “Bola Bacana”. Na ocasião, também será apresentada a cobertura da quadra de esportes da escola municipal.

“O ponto fundamental do projeto é utilizar o esporte como ferramenta educacional, ou seja, melhorar o rendimento escolar a partir da prática de atividades esportivas. Com base nessa tabelinha esporte e educação, acreditamos que as nossas crianças e jovens terão um futuro promissor, dentro e fora de campo”, comenta Odílio Silva Netto, professor do programa.

O festival de apresentação é aberto ao público. A EMEF Gessy Martins Beozzo está localizada na Rua Irmã Ruth da Costa, 225.

Projeto

O “Bola Bacana – Núcleo Lins” tem como principal objetivo estimular o desenvolvimento escolar de crianças e jovens carentes através da prática e do aprendizado esportivo especializado, ocupando, dessa maneira, o tempo ocioso das crianças nos períodos em que elas não estão nas escolas, através da prática de atividades complementares: esportivas, recreativas, cooperativas e educativas.

O projeto é iniciativa da Associação de Arte, Cultura e Esporte (AACE) patrocinada por meio da renúncia fiscal do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) da Usina Lins, prevista pela Lei Paulista de Incentivo ao Esporte da SELJ (Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude). O projeto também conta com o apoio da Prefeitura de Lins e da SEMEL.