Meio Ambiente é tema no ‘Grafitto’

O conteúdo é o módulo do último trimestre do projeto, que se encerra em junho

O projeto ”Grafitto”, que beneficia 100 jovens da rede pública de ensino, levou aos alunos o tema meio ambiente, que será assunto do módulo do último trimestre. Este módulo de atividades é realizado inicialmente com a capacitação dos professores sobre o tema. Este preparo é feito com as apostilas, desenvolvidas pelos organizadores do projeto, que são entregues aos educadores sobre o conteúdo. Depois de estabelecidos os conceitos e diretrizes, os docentes ministram as aulas de graffiti abordando o assunto estudado.

Na apostila, existem quatro exercícios modelos norteadores do trabalho, são eles:

  1. Mostrar o conceito de meio ambiente. Esta atividade visa orientar os alunos sobre o que está sendo estudado e sua importância no mundo contemporâneo.

 

  1. Entender o valor da consciência ambiental. O principal objetivo desta etapa é evidenciar o impacto positivo da preservação do ambiente.

 

  1. Com um caráter muito prático, esta atividade visa mostrar o valor da criatividade com a reciclagem e como isso pode beneficiar nosso meio, a exemplo de materiais que podem ser construídos a partir da renovação de itens inutilizáveis.

 

  1. E finalmente, a quarta e última etapa busca a reflexão dos alunos sobre os lugares que eles gostariam de preservar. Desse modo, os participantes pensarão em estratégias por meio da arte e desenvolverão mecanismos artísticos para isto.

Rodrigo Salomão, desenvolvedor da apostila, comenta sobre a importância de abordar o meio ambiente como tema.

“É relevante, pois começamos com atividades que, por meio do graffiti, abordam os aspectos históricos para entendermos como chegamos nas condições atuais do meio ambiente. Além disso, trazemos uma concepção diferente, mostrando que o meio ambiente não é apenas o bosque da cidade ou as árvores da praça, mas sim, tudo que nos cerca”, destaca.

Sobre o projeto

Com o objetivo de levar e fomentar cultura junto às escolas, o “Graffito” oferece gratuitamente aulas de graffiti para 100 crianças e adolescentes de 7 a 15 anos matriculados na rede municipal de ensino de Leme. Os jovens beneficiados também recebem lanche após cada aula e uniforme.

O projeto é realizado em Leme, no Centro de Referência do Adolescente (CRA) e, também, no Jardim Empyrio.

A iniciativa faz, ainda, uso da metodologia de controle de talentos, incentivando a frequência e o bom comportamento escolar.

O “Grafitto” tem o patrocínio da empresa TS Tech, por meio da renúncia fiscal do ICMS (Imposto sobre Circulação de Produtos e Serviços) garantido pelo Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo (ProAC-ICMS). O projeto conta com a parceria das Escolas Estaduais Newton Prado, Profª. Altimira Pincke, Profª. Maria Joaquina de Arruda, Prof. Arlindo Favaro e das Escolas Municipais Aparecida Taufic Nassif M. Naif, Helaine Kock Gomes, Ruth Zelina e Raquel dos Anjos Marcelino.